Dedicado aos Vírus.

23 jan

Decidi falar nesse texto sobre o universo da virologia, talvez você possa pensar que o assunto é batido e que entende do negócio mais não é bem assim, ao dar continuidade na leitura esqueça o seu passado na escola em que aprendeu com a titia de ciências que o conceito de vírus nada mais é do que bichinhos ou monstrinhos com a boca cheia de dentes porque na verdade não é.

O universo dos vírus é uma enciclopédia de conceitos e uma chuva de meteoros, acho que você já teve curiosidade de saber como eles vivem, sua forma, o meio de ativação entre outros, podemos ter várias definições sobre diferentes obra literárias educativas que falem sobre o assunto, acredito que você tenha pensado que a resposta para as suas duvidas  já foram solucionadas nos guias educativos, mais não podemos generalizar e dizer que está tudo descoberto, na verdade os cientistas para chegar até o momento contemporâneo foram anos de estudos e descoberta minuciosas juntadas para virar essa receita de definição literária.

A virologia é a ciência que estuda os vírus, venon é a definição em inglês que significa veneno,  veneno esclarece que não estamos falando e lidando com um espécie do bem, são criaturas extremamente microscópicas que não podem ser vistas a olho nu por isso necessita de uma grande aparelhagem  para notar a sua presença, são seres acelulares quero dizer que não são uma célula e também não se multiplica como tal, inteligentes e de um metabolismo nato possuem até RNA e um envoltório protéico que é chamado capsídeo constituído por unidades menores de proteína conhecido como capsômeros, o capsídeo é um estimulo benéfico que a auxilia na instalação do próprio vírus a uma célula viva.

A realidade de sua existência é somente prejudicar as células vivas utilizando de sua biossíntese para a sua multiplicação e ativação, além de ter todos esses atributos negativos existenciais o vírus ainda é envelopado esse envelope propriamente dito é composto de substância lipídica cuja função é envolver o vírus para auxiliar na penetração viral.

O vírus pode ser instalar na célula viva de duas maneiras:

FUSÃO VIRAL

O vírus envelopado e com espículas (flagelos virais)  entra na célula por fusão, no interior da célula o vírus perde o capsídeo e somente o genoma é transportado para o núcleo da célula, no núcleo  o  de uma fita simples é replicado em várias moléculas de DNA viral. No citoplasma da célula viva o ribossomo é responsável  por síntese de proteínas especificas  como espículas e capsômero posteriormente as espículas são transportadas para  a membrana da célula e os capsômeros para o núcleo. No núcleo os capsômeros se unem com os novos genomas replicados formando um novo vírus que é transportado para o citoplasma que sai por exocitose levando consigo parte da membrana com espículas envelopando o novo vírus.

 

ENDOCITOSE VIRAL

O vírus sem envelope entra na célula levando consigo parte da membrana e posteriormente envelopando o vírus, logo após o vírus se replica em partículas menores de vírus que é liberado da célula rompendo a membrana e em seguida  a célula viva morre.

 Estrutura Viral.

DOENÇAS CAUSADAS POR VÍRUS

Hepatite A

Hepatite B

Poliomielite

Rotavirose

Meio de contaminação: Transmissão oral fecal, infecção alimentar e contaminação da água com micro-organismos.

As vacinas e medicamentos preventivos não se podem negar tiveram um grande avanço, mais ainda sofremos com problemas de saúde publica na propagação de hepatites virais e rotaviroses, devemos rever conceitos e estudar mais sobre o que se foi discutido.Enfim quando digo células vivas estou me referindo as células humanas e vegetais, o vírus tem ações de uma grande escala orgânica de funcionamento, ou seja, por não ser uma célula o vírus consegue se multiplicar em uma célula viva e mudar todo o seu metabolismo alterando para o seu sistema intracelular de reprodução criando uma fábrica de um ciclo de reprodução viral. Pare para pensar e veja, será que realmente estamos em um patamar de prevenção viral?

                               By: William Souza  

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s